Teólogo do Vaticano diz que os ETs são reais, e mais espirituais e intelectuais do que nós os humanos

O Vaticano e os poderes representados por ele têm por muito tempo ocultado do público informações que podem ser danosas. Qualquer coisa que ameace o status quo é rapidamente ocultada. Monsenhor Corrado Balducci foi um teólogo católico que tinha laços próximos aos Papas João Paulo II e Bento XVI. Ele escreveu obras sobre o culto, possessões demoníacas e extraterrestres. O que segue é um documento recentemente compartilhado pelo Dr. Richard Boylan, sobre uma palestra que Balducci deu em 2001, a qual oferece evidência aparente de que o Vaticano e aqueles associados a ele aceitam a realidade dos extraterrestres.

O Dr. Steven Greer é um proeminente pesquisador de OVNIs, o qual supostamente teria se encontrado com Balducci para discutir o assunto.

O que o documento revela é que o Vaticano tem por muito tempo sabido a respeito dos extraterrestres e está também ciente de que várias agências governamentais estão tentando manter este segredo. Além disso, ele sugere que a espiritualidade não é somente um artefato da Terra, indicando que um tipo de religiosidade é praticada por raças altamente avançadas.  Esta afirmação corresponde aos volumes de informações relacionadas de foram mística, vindas de várias fontes dentro do campo da ovnilogia.

À medida que a sociedade avança e descobre mais da realidade de vários níveis de compreensão (tais como filosófico, científico, material, energético, e assim por diante),parece que finalmente a verdade sobre as fundações da consciência da existência serão reconhecidos. Isto forma a base da compreensão espiritual, finalmente levando ao conceito de um criador transcendente.

Mas as religiões da antiguidade são amplamente baseadas em visões míopes da Terra e da humanidade. Isto quer dizer, o dogma religioso tende a não endereçar a questão da vida extraterrestre, da tecnologia avançada, e o que estas coisas significam em relação à própria existência.  Contudo, como Balducci afirma, se o cosmos for espiritual em seu núcleo, então é altamente possível que raças avançadas tenham sido moldadas por realidades espirituais de existência, formando valores altruístas como resultado.

Porém, é também de possível discussão que nem todas as raças avançadas sejam espirituais ou altruístas. Embora alguns pesquisadores, como o Dr. Greer, sustenta que somente as raças benevolentes podem viajar no espaço, há uma preponderância de evidências que sugerem o contrário.

À medida que uma raça de seres continua a evoluir, as habilidades mentais se desenvolvem em proporção à coerência da consciência presente dentro da população. Quanto mais disciplinada mentalmente uma pessoa for, mais provável será que ela desenvolverá habilidades, uma das quais é o teletransporte. Balducci afirma que os anjos, seres altamente evoluídos na mente e no espírito, não precisam de naves espaciais para viajarem. Ao invés disso, eles usam um tipo de técnica de pura consciência.

Infelizmente, a maior parte da informação agregada sobre os extraterrestres tem sido ocultada em lugares secretos deste mundo, mantidas em silêncio pelas agências de inteligência e seus predecessores, as organizações religiosas. Embora possamos discutir estes tópicos a fim de explorarmos o significado do que estas ideias significam, não somos capazes de confirmar algumas destas declarações com evidência direta, como fotos e artefatos recuperados.

 MUDANÇA NO VATICANO

Mas de acordo com vários pesquisadores e pessoas de alegada posição privilegiada, uma “guerra para o desacobertamento” está ocorrendo por detrás das cenas, pelo menos pelos últimos quatro anos.  E entre 2017 e 2022 tem sido sugerido como o tempo de transição para a raça humana e a civilização tal como conhecemos. Se isto é verdade ou não, ainda não está claro. Todavia, há uma profecia obscura sobre o Vaticano, a qual poderia estar os motivando a mudar.

Não tenho acesso à profecia crua – Eu a escutei em segunda mão de um colega que é um ávido pesquisador da Santa Sé.  Aparentemente, em 1917, uma profecia foi passada aos Jesuítas de que eles só teriam mais 100 anos para se endireitarem, parar de agirem como parasitas, e começarem a fazer aquilo que prometeram aos céus – elevar as pessoas aos seus completos potenciais e preparar a Terra para receber o Espírito. Se eles não mudassem, o céu cairia por sobre eles, terminando 100 anos de tirania.

Em essência, se a profecia for verdade, significa que as forças ocultas por detrás do Vaticano, traçando usas origens aos cultos mitraicos da era pré-cristã, derivam seus poderes do reino espiritual, via pactos e comprometimentos feitos com seres do outro lado do véu. Embora eles sejam efetivamente um grupo de criminosos que colocaram suas mãos em alguns segredos cósmicos há muito tempo, eles – em algum grau – reconhecem o poder dos reinos espirituais e a importância de aderir à lei divina. E, aparentemente, há jesuítas junto ao Vaticano que levam a profecia a sério e têm trabalhado para reformar a organização internamente.

É claro, não há evidência direta para confirmar esta afirmação, mas há uma preponderância de dados evidenciais as quais sugerem que algum tipo de transformação está ocorrendo.

Pelo menos, o status de Balducci dentro da igreja e suas visões sobre extraterrestres podem ser compartilhadas com aqueles de aprendizado religioso, para abrir suas mentes à realidade do nosso cosmos vivo.

Anúncios